30 de nov de 2010

Capitúlo XIX

A reunião

-Como vocês sabem, Apolo está obcecado pela mortal, o que pode ser um risco para nós os grandes deuses, já que não sabemos o que se passa na cabeça desses mortais.
Disse Zeus.
-Prossiga...
Falou Poseidon, o deus dos mares.
-Eu descobri que a culpa dessa obsessão foi do filho de Afrodite, o Cupido.
Disse Zeus olhando para Afrodite.
Então todos os deuses olharam para ela, que disse.
- E que culpa tenho eu?
-Para que o efeito da flecha seja desfeito é preciso esperar 12 horas, esse é o tempo que o efeito da flecha se espalha totalmente em Apolo, somente nesse momento poderemos quebrar a magia da flecha do amor.
Explicou Zeus.
-Se era só isso, para que a reunião?
Perguntava Hefesto filho de Zeus e Hera, e ferreiro dos deuses.
-Para que o efeito seja cortado, além de esperar as 12 horas a mulher deve ser morta. Você acha mesmo que Apolo nos deixará matar ela?
Falou Zeus se dirigindo a  todos.
-Se Apolo quer briga, que seja comigo. Eu terei muito prazer em arrancar a cabeça dele.
Falou Ares com um sorriso psicótico em seu rosto.
-Contenha sua alegria Ares, não deixarei que mate Apolo, ele é um dos grandes deuses como nós.
Falou Zeus.
-Então como pararemos Apolo?
Perguntou Ares.
-Eu tenho uma ideia quanto a isso.
Falou Hades com um sorriso.
Todos então começaram a bocejar e uma sombra apareceu por trás de Hades.
A sombra começou a tomar a forma de um rapaz magro e de cabelos e olhos vermelhos.
-O que deseja Sr.Hades?
Perguntou o rapaz.
-Hypnos, deus do sono, tenho uma tarefa para você.
Disse Hades.
-O que desejar Sr.Hades.
Respondeu.
-Preciso que você deixe o Apolo dormindo por umas 10 horas.
Pediu Hades.
-Isso é muito simples para mim Sr.Hades.
Então Hypnos estalou os dedos e disse.
-Está feito.
-Pronto Zeus, Apolo já não é mais problema.
Disse Hades.
-Deseja mais algo Sr.Hades?
perguntou Hypnos.
-Não Hypnos, pode se retirar.
Respondeu Hades.
Então Hypnos tomou a forma de sombra e foi embora.
-Agora Que Apolo não é mais problema, apenas precisamos matar a mortal na hora certa não é?
perguntou Ares.
-Sim.
Respondeu Zeus.
Ares estendeu a mão e sobre ela surgiu uma ampulheta. Ele a colocou na mesa e disse.
-Daqui a exatamente 10 horas toda areia terá caído, essa será a hora de matar a mortal.
Enquanto os outros deuses discutiam uma forma de matar a mulher, Atena que sempre foi contra toda aquela carnificina pensava em um modo de ajudar a mortal a fugir, já que ela odeia lutas desleais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário