27 de out de 2010

Capitúlo XXV

Testando os objetos - Parte II
O suor escorria do rosto de Achila que disse.
-Não se preocupem, eu estou bem.
Aquela poderosa flecha que fez tão enorme estrago na parede havia ficado presa no escudo.
-Então você conseguiu, vejo que tem alma de guerreira.
Disse Jorge.
-Nossa, que legal.
Falou Akira entusiasmado.
-Irmão, só você não conseguiu.
Falou Jake.
-Mas eu nem tentei ain...
Adalberon foi interrompido por Akira
-verdade, estou ficando deprimido.
Disse Akira
-Porque não tenta novamente?
Perguntou Jorge.
-Sim, eu irei tentar.
Disse Akira empolgado.
-Mas desta vez concentresse
Falou jorge dando um tapa na bunda de Akira.
-Heeei.
Gritou Akira.
-Vai logo.
Disse Jake Apressando seu irmão.
Akira fez um movimento com a espada como se cortasse o ar, então chamas se espalharam pela caverna.
-Eita, o que eu fiz?
Perguntou Akira.
-Não está vendo irmão? você pôs fogo em tudo.
Disse Jake.
-Venha para perto de mim Agnes.
Disse Adalberon.
-Eu irei controlar as chamas.
Disse Jake.
Erguendo sua adaga Jake fez com que a agua cobrisse todo o local e apagou as chamas de Akira.
-Seu idiota!
Disse Jake dando um cascudo em Akira.
-Desculpa, desculpa, acho que me empolguei um pouco.
Se desculpou Akira.
-Se não fosse por seu irmão você mataria o Zeno o Alexandros e todo nós queimados.
Resmungou Adalberon.
-Chega Adalberon, já está tudo controlado.
Falou Jorge tentando o acalmar.
-Tenha mais cuidado da próxima vez.
Adalberon estava mostrando sinais de raiva, e quanto mais ela crescia, mais uma aura negra crescia envolta dele.
Assustado com o que viu Jorge disse.
-Mas não pode ser... Essa é a aura de Tártaro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário